Quando falamos de programas sociais, o Bolsa Família surge logo em nossa mente. Afinal de contas, são mais de 16 anos em atividade no Brasil. Entretanto, muitas pessoas ainda possuem dúvidas variadas a respeito do benefício.

Por isso, criamos este artigo. Aqui, você vai aprender simplesmente tudo sobre o Bolsa Família 2019: os valores, quem tem direito ao benefício e como se cadastrar. Está em dúvida se a sua família está apta a participar e como proceder? Continue com a gente até o final e tire todas as suas dúvidas!

O que é o Bolsa Família?

O Programa Bolsa Família é um benefício social voltado às famílias carentes. Assim, o público-alvo do programa são as famílias pobres ou extremamente pobres. O foco é voltado principalmente às famílias com crianças e/ou gestantes em sua composição. Atualmente, 13,9 milhões de famílias são beneficiadas em todo o país.

O benefício funciona através do sistema de transferência direta de renda. Mas o que isso significa? Em outras palavras, quer dizer que são depositados valores em dinheiro diretamente na conta das famílias.

O principal objetivo do programa é reduzir a vulnerabilidade e desigualdade sociais. Dessa forma, as principais metas do Bolsa Família 2019 são:

  • Combater a fome;
  • Promover a segurança alimentar e o direito à alimentação;
  • Reduzir a pobreza e todas as formas de privação das famílias carentes;
  • Facilitar o acesso à educação, saúde e assistência social.

O Bolsa Família é um programa do Governo Federal, mas o cadastro e acompanhamento das famílias é feito pelos Municípios através do CRAS ou da Prefeitura. Toda a administração financeira do benefício é realizada pela Caixa Econômica Federal, banco público onde os beneficiários realizam saques, consultas e emissão de cartões.

Quem pode participar do Bolsa Família 2019?

Possuem direito a participar do Programa Bolsa Família as famílias pobres ou extremamente pobres. No âmbito do programa, são consideradas pobres as famílias que possuem renda mensal de até R$ 178,00 por pessoa. Já as extremamente pobres são aquelas com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa.

Todas as famílias extremamente pobres podem receber o benefício, sem exceção. No caso das famílias pobres, elas devem preencher um dos seguintes requisitos:

  • Ter em sua composição crianças e/ou adolescentes de até 15 anos de idade;
  • Ter em sua composição jovens com 16 ou 17 anos de idade;
  • Ter em sua composição gestantes;
  • Ter em sua composição mães em período de amamentação com bebês de até seis meses de vida;

Vale ressaltar que, no caso das mulheres grávidas, é necessário que a gravidez tenha sido verificada até o nono mês. Da mesma forma, as mães que amamentam devem incluir os bebês no Cadastro Único até o sexto mês de vida.

Quais os valores dos benefícios em 2019?

Os valores dos benefícios do Bolsa Família 2019 dependem de diversos fatores, tais como a renda da família e sua composição. Confira abaixo.

  • Básico: Voltado apenas às famílias extremamente pobres. Valor de R$ 89,00 por mês;
  • Variável Criança e Adolescente: Possui o valor de R$ 41,00 mensais para cada criança/adolescente de até 15 anos de idade. Cada família pode acumular no máximo 5;
  • Variável Gestante: Possui um valor de R$ 41,00 mensais por até 9 meses para cada gestante. Cada família pode acumular no máximo 5;
  • Variável Nutriz: Possui um valor de R$ 41,00 mensais por até 6 meses para cada mãe que estiver amamentando bebês de até 6 meses. Cada família pode acumular no máximo 5;
  • Variável Jovem: Possui um valor de R$ 48,00 mensais para cada jovem com 16 ou 17 anos de idade. Cada família pode acumular no máximo 2;
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza (BSP): É voltado para famílias em situação de extrema pobreza e não possui um valor fixo.

O valor máximo que o benefício pode atingir é de R$ 372,00 mensais. As famílias em situação de extrema pobreza podem acumular o benefício básico aos variáveis, bem como ao BSP.

13º Salário: novidade do Bolsa Família 2019

A principal novidade do Bolsa Família 2019 é que as famílias passarão a receber o 13º salário. A medida foi anunciada em abril pelo Governo Federal, e passa a valer já para este ano. O que muda na prática é que o cidadão passa a receber uma parcela extra em dezembro, juntamente com o pagamento mensal.

Por outro lado, Não haverá reajuste para o Bolsa Família 2019. A medida foi anunciada pelo Governo Federal, que informou que, devido ao pagamento do 13º, não será possível fornecer o tradicional aumento anual.

Como receber e sacar os valores?

Toda a parte financeira do programa é feita através da Caixa Econômica Federal. Assim, os valores são depositados em uma conta específica criada para o benefício. Ela será acessada através do Cartão Bolsa Família, que é enviado pelos Correios para as famílias aprovadas na seleção. Também é possível optar por receber os valores pela Conta da Caixa, Poupança Caixa Fácil ou Cartão do Cidadão.

Com relação aos saques, eles podem ser feitos nos seguintes locais:

  • Caixa Eletrônico;
  • Lotéricas Caixa;
  • Agentes conveniados Caixa AQUI;
  • Agências Bancárias.

Como participar?

Para participar do Programa Bolsa Família o primeiro passo é o responsável pela família se dirigir até o CRAS ou à Prefeitura da sua Cidade. Neste momento, será realizada a inscrição dos membros no Cadastro Único e no Bolsa Família.

Para isso, é necessário levar uma série de documentos. No caso do responsável – pessoa que irá sacar o benefício e atualizar o cadastro – é obrigatório o CPF ou o Título de Eleitor. Para os demais integrantes é preciso de um documento original com foto.

Além disso, deve ser informado o rendimento total da família através de comprovantes de renda daqueles que trabalham. O Governo solicita que também seja levado um comprovante de residência, preferencialmente uma conta de água ou luz.

Vale salientar que apenas a realização do Cadastro não dá direito a receber o Bolsa Família 2019. Primeiramente, a família deve ser aprovada no processo de seleção, que vai conferir se ela tem realmente direito a participar. Este processo é realizado todo mês, e as famílias aprovadas recebem uma correspondência informando que estão participando do programa. Se você não recebeu e quer conferir se a sua família foi aprovada, é possível consultar pela internet neste site.

Regras para seguir no programa

Além de se enquadrar nos requisitos para ingressar no programa, o Bolsa Família exige que seja cumprida uma série de regras para não perder o benefício. As principais são:

  • Manter as informações do Cadastro Único em dia, sendo obrigatório atualizar a cada 2 anos ou toda vez que alguma mudança ocorrer;
  • As gestantes devem cumprir o pré-natal na rede pública de saúde;
  • Manter a carteira de vacinação em dia para as crianças de até 7 anos de idade;
  • As mulheres que possuem idade entre 14 e 44 anos devem fazer acompanhamento de saúde na rede pública;
  • Crianças e adolescentes com idade entre 6 e 15 anos de idade devem ter frequência escolar mínima de 85%;
  • Jovens com 16 ou 17 anos de idade devem ter frequência escolar mínima de 75%.

Saiba mais: Quais situações bloqueiam o bolsa família?

Calendário do Bolsa Família 2019

O benefício é depositado mensalmente seguindo um calendário de pagamentos. Dessa forma, cada cidadão recebe de acordo com o último número do seu NIS. Confira abaixo o Calendário do Bolsa Família 2019.

Final
NIS
JanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
118/0115/0218/0316/0420/0514/0618/0719/0817/0918/1018/1110/12
221/0118/0219/0317/0421/0517/0619/0720/0818/0921/1019/1111/12
322/0119/0220/0318/0402/0518/0622/0721/0819/0922/1020/1112/12
423/0120/0221/0322/0423/0519/0623/0722/0820/0923/1021/1113/12
524/0121/0222/0323/0424/0521/0624/0723/0823/0924/1022/1116/12
625/0122/0225/0324/0427/0524/0625/0726/0824/0925/1025/1117/12
728/0125/0226/0325/0428/0525/0626/0727/0825/0928/1026/1118/12
829/0126/0227/0326/0429/0526/0629/0728/0826/0929/1027/1119/12
930/0127/0228/0329/0430/0527/0630/0729/0827/0930/1028/1120/12
031/0128/0229/0330/0431/0528/0631/0730/0830/0931/1029/1123/12

Ficar de olho nas datas é essencial especialmente para não perder o prazo para saque dos valores, que é de até 90 dias após o depósito.


O Bolsa Família 2019 faz a diferença na vida de milhões de brasileiros, ajudando as famílias mais necessitadas a terem uma vida melhor.

Ficou alguma dúvida? Não deixe de conferir nossos outros artigos para conhecer mais sobre o benefício!

Compartilhar é se importar!

Participe da discussão

26 comentários

  1. Bom .eu gostaria de saber.se uma mae de família com três crianças menores de idade sendo que o mais velho tem 11 anos. Ela ganha menos que um salário-mínimo. Sua bolsa família sempre estão bloqueados. Agora eles cancelaram de vez. Sera que esta mae de familha não tem direitos. Ela e funcionária .da prefeitura de Santo Antônio do amparo. MG. Sera que não esta precisando de uma fiscalização do governo aqui em Santo Antônio do amparo.?????

  2. Quando a pessoa não tem filho de menor e Mota só e não tem serviço fixo tem direito a bolsa família ?

  3. Fiz meu cadastro no bolsa família em junho
    Já fui várias vezes no CRAS dizem que me encaixo no perfil mas até agora não aparece benefício liberado pra mim é o tempo que me deram já passou e até agora nada
    Gostaria de receber uma resposta de vcs

  4. Com 18 anos de idade se o jovem tiver estudando sem e sem trabalhar o bolsa família do jovem é bloqueado?

  5. Minha conta de água vem muito alta e recebo o bolsa família, não tenho condições de pagar ela pois vem aulta demais, posso incluir a conta de água no bolsa familia?

  6. Gostaria de saber porque no aplicativo bolsa família tem um valor pra mim receber e quando eu vou receber e bem menos

  7. Oi, tenho uma filha de 1 ano e 5 meses de idade, e recebo bolsa família dela, estou grávida e gostaria de saber se posso cadastrar o bebê quando ele nascer para receber o benefício dos dois?

  8. aqui eu quero saber assim .desde 2015fui diagnóstica com arritmia cardicardíaca desde la não conseguiu em emprego
    Este ano uma pessoa mim falou que poderia entrar no bolsa família pra mim ganhar o benefício
    até hj não foi liberAdo queria saber se posso receber esse benéfico até eu pegar meu lado médico pra mim entra losango

  9. Meu bolsa família foi aprovado e até agora não foi incluído na Folha de pagamento quanto tempo leva para ser liberado

  10. o meu bolsangue família foi bloqueado em fevereiro aí eles me mandaram uma carta aí eu fui e recadastrei 9meses depois do bloqueio feito por eles eu recebo o atrasado destes 9meaes sem receber ou começo agora do zero sendo que na minha casa nao possui menor o meu caçula de 18 anos faleceu em 09/02/2019

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *