Apesar de já ter se tornado um programa muito popular no país, muitos ainda possuem dúvidas sobre o Bolsa Família. De fato, as muitas mudanças na legislação e na gestão política trazem incertezas aos futuros beneficiários.

Mas fazer o cadastro no bolsa família não é tão difícil quanto parece. Entretanto, é necessário estar atento aos detalhes e à documentação necessária para não errar. Continue lendo este artigo para saber como fazer sua inscrição e receber o benefício!

Como funciona o Bolsa Família?

Em 13 anos, o Bolsa Família já ajudou mais de 50 milhões de cidadãos brasileiros em situação de vulnerabilidade social. Basicamente, o programa funciona através da transferência direta de renda. Em outras palavras, as famílias selecionadas recebem o benefício diretamente em suas contas.

O público-alvo do programa são as famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza. Isto significa que, para receber o benefício, é necessário preencher uma série de requisitos. Por isso, o primeiro passo para participar é fazer o cadastro no Bolsa Família.

Entretanto, realizar o cadastro não garante que a família irá participar. Isso porque é necessário passar pelo processo de seleção realizado pelo Governo Federal para estar apto ao programa.

Cadastro no Bolsa Família 2019

cadastro no bolsa família

A inscrição no Bolsa Família é feita através das informações do Cadastro Único. Este é o sistema do Governo utilizado para cadastrar os beneficiários de programas sociais.

Apesar de o Bolsa Família ser um benefício do Governo Federal, as inscrições no programa são feitas pelos Municípios. Por isso, o primeiro passo é ir até a Prefeitura da sua cidade e se informar sobre o local que realiza as inscrições no Cadastro Único. Geralmente ele é feito em alguma Secretaria Municipal ou no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) da cidade. Esta descentralização existe para agilizar o atendimento ao público.

Saiba Mais: Quem tem direito ao Bolsa Família.

Documentos necessários para realizar o Cadastro Único

Para fazer o cadastro no Bolsa Família, o Responsável Familiar deverá comparecer pessoalmente ao setor designado. O Responsável poderá ser qualquer pessoa de 18 anos de idade ou mais. A partir do cadastro, o responsável ficará a cargo de atualizar o cadastro e sacar o benefício. Os documentos obrigatórios do responsável familiar são:

  • CPF ou Título de Eleitor;
  • Comprovante de renda;
  • Comprovante de residência (conta de água ou luz);
  • Certidão de nascimento e/ou de Casamento;

Além destes, é necessário levar um documento original e com foto de cada um dos integrantes da família. Para as crianças de até 7 anos, é preciso levar a carteira de vacinação com as vacinas atualizadas. Da mesma forma, é necessário o comprovante de matrícula e frequência escolar das crianças e adolescentes. Entretanto, caso o cidadão não tenha um destes documentos poderá levá-los depois.

Para finalizar, a pessoa deve comunicar ao atendente que deseja fazer o cadastro no bolsa família. Assim, ele fará o encaminhamento ao processo de seleção.

Processo de seleção do Bolsa Família

Para participar do programa, as famílias devem ser aprovadas no processo de seleção. A seleção ocorre mensalmente de forma automatizada por um sistema de computador. Ou seja, não há interferência de pessoas diretamente no processo, apenas a análise dos requisitos. As informações observadas são:

  • Renda Familiar por pessoa;
  • Composição familiar;
  • Número de jovens e crianças;
  • Se existe gestante no núcleo familiar.

A família recebe por correspondência em casa a informação de que foi selecionada para o Bolsa Família. Além disso, também é enviado o cartão para saque do benefício e um panfleto com o calendário de pagamentos.

Mas quem estiver ansioso para saber se sua família foi aprovada na seleção, poderá conferir pela internet. Para isso, basta acessar o site da Caixa clicando aqui e inserir o número do NIS do responsável. Vale dizer que é preciso utilizar o navegador Internet Explorer para o site funcionar.

Cadastro no Bolsa Família de pessoas sem documento

É comum que algumas pessoas carentes não possuam um ou mais dos documentos necessários. Inclusive, muitas pessoas em situação de vulnerabilidade social não possuem registro mesmo sendo maiores de idade.

Mas isso não é um problema, pois o Governo garante que a falta de documentos não pode ser um empecilho para que famílias carentes recebam benefícios sociais. Porém, enquanto o Responsável Familiar não emitir e apresentar sua documentação, o benefício não poderá ser recebido.

Por isso, o assistente social irá indicar para a família os meios para tirar seus documentos. Aliás, quem nunca foi registrado pode fazer a primeira via da certidão de nascimento gratuitamente. Assim, o cadastro no Bolsa Família é um direito de todas as famílias pobres.

Atualizações cadastrais

É comum que algumas pessoas façam a inscrição inicial e deixem as informações como estão após começar a receber os valores. Porém, o cadastro no Bolsa Família deve ser atualizado no mínimo a cada 2 anos, ou a família pode perder o benefício.

Além disso, as informações devem ser atualizadas sempre que houver qualquer alteração nos dados da família. Para exemplificar, as informações que mudam com mais frequência são:

  • Renda da família;
  • Número de filhos;
  • Local de trabalho.

Ter o cadastro sempre em dia é crucial para evitar bloqueios nos valores ou até perder o direito ao benefício.

Saiba mais: Posso ter meu bolsa família cancelado?

Transferir cadastro no Bolsa Família

Sempre que uma família muda de cidade ou Estado, é necessário transferir o cadastro do Bolsa Família. Como a administração do benefício é feita pelo Município, a transferência deve ser feita para que a família possa seguir sendo acompanhada.

Vale ressaltar que, caso a família se mude e não faça a transferência, poderá ter o Bolsa Família cancelado. Ao chegar em uma nova cidade, ainda é possível sacar os valores, já que o programa é nacional. No entanto, a família deve fazer a transferência o mais rápido possível para evitar transtornos.

Confira o artigo que fizemos sobre a transferência do bolsa família aqui.

Quando as famílias melhoram de renda

Não é raro que as famílias melhorem de renda e passem a não se enquadrar mais no Bolsa Família. Aliás, este é inclusive um dos objetivos do programa. Afinal de contas, o benefício serve como um auxílio para que os cidadãos saiam da pobreza ou da extrema pobreza e não precisem mais do programa.

melhoria de renda cadastro no bolsa família

Assim, quando a renda melhora é necessário que a família comunique a situação à Prefeitura e faça o desligamento do cadastro. Até porque, caso a família solicite voluntariamente o desligamento, ela poderá voltar a receber os valores dentro de 36 meses sem precisar passar de novo pela seleção.

Por isso, caso aconteça, é crucial que o responsável informe imediatamente. Se isto for feito, além de poder receber os valores novamente no futuro, a família fica livre de penalizações. O Governo tem feito auditorias com cruzamentos de informações cadastrais de diversos bancos de dados no país buscando encontrar inconsistências. Caso seja verificado um aumento de renda que não foi comunicado, a família poderá ser excluída permanentemente do programa.


O cadastro no Bolsa Família é o primeiro passo para participar do processo de seleção para ter direito ao benefício. Verifique os requisitos do programa e os documentos necessários e vá até a Prefeitura da sua cidade.

Ficou alguma dúvida? Comente que iremos lhe ajudar. Mais informações podem ser obtidas no site oficial do Ministério da Cidadania. A Caixa também fornece atendimento ao programa pelo número 0800 726 0101.

Compartilhar é se importar!

Participe da discussão

71 comentários

  1. Eu tenho o número da minha nis e do meu filho , tem a renda familiar mas não sei como faço meu cadastro no bolsa família.

  2. Estou atualmente sem emprego, tenho 68 anos, divorciada, resido na Rua dos Jeribas, 43 – apto – 12B – Coabh Adventista – Santo Amaro – S, eu tenho somente dez anos – e não tenho como pagar, pois não tenho trabalho e estou sozinha, sou divorciada e tenho uma filha e netas que residem comigo, mas eu não tenho renda e não trabalho fora, tenho uma doença degenerativa, o Tunel do Carpo, nas mãos e me causam dores horriveis, o CRAS , ja me ajudou anteriormente e atualmente eu vou tentar novamente, sei que é difícil. Grata.

  3. gostaria de ter um bolsa família não trabalho não por que não quero por que não posso tem vês que nem comigo comprar um medicamento eu gostaria de receber um bolsa família ia me ajudar muito

  4. Boa tarde eu não tenho carteira de trabalho eu posso fazer o cadastro assim mesmo ,estou desempregada tenho um menino de onze anos na escola e uma menina de três anos

  5. Preciso dessa ajuda porque estou desempregada no momento e preciso ajudar minha mae e no sustento da casa

  6. Eu renovei meu bolsa família a 5 meses e até agora não foi aprovado e nem me dão explicação de nada eu estou desimpregado a 1 ano

  7. Queria poder receber o bolsa família porque no momento estou desempregada e tenho que acompanhar meu filho aos médicos e pediatra porque na gravidez transmitiu siflis para ele tenho que acompanhar ele até 1 ano de idade fazendo exames e passando em médicos. Meu marido também está sem emprego fixo ele consegue um ou outro as vezes pra fazer um bico quem sempre me ajuda é minha mãe mas ela também tem a casa dela fica difícil também.

  8. Estou, devido à problemas emocionais, muitos anos sem conseguir emprego. Não tenho renda. Moro sozinha em uma comunidade, porém, a minha mãe é participante desse benefício. Sendo assim, eu posso tentar fazer o cadastro em meu nome sem prejudicar o benefício que ela possui? Grata!

  9. Estou desempregada desde fevereiro deste ano de 2019 e vivemos apenas com a pensão alimentícia do meu filho de 12anos. Como faço para obter o auxílio do bolsa família e do cartão de material escolar pro meu filho?
    [email protected]
    (43)99163-6200 WhatsApp
    Keli Adelaide Modesto.

  10. Fui me cadastrar e me falarão que só vão começar a agendar a visita em janeiro.mas preciso muito me cadastrar tenho três filhos meu marido desempregado .o que devo fazer para agilizar meu atendimento?

  11. Boa tarde.
    Gostaria de saber se posso cadastrar-me no bolsa família sendo somente eu a beneficiária. A muitos anos não tenho registro em carteira. E gostaria de saber tambem o numero de telefone para informações de como devo iniciar o cadastro.
    Obrigada!

  12. Eu tinha recebido a carta de vcs para fazer o cadastro do bolsa família e até hoje dia 18 não podendo sai pra rua tô muito mal dos rins…posso comparecer seg dia 21 por favor

  13. Olá meu nome é genilma e tenho uma bebê de três meses e gostaria de saber se eu me cadastrar no bolsa família esse mês 10/2019 e eu for aprovada eu terei direito ao 13°? Ou o 13° só tem direito quem já estar a muito tempo cadastrado?

  14. Meu marido e eu não temos renda nem uma ele tem 60 anos e eu 57 ele tem placa na perna devido ter quebrado o femor e eu alguns problemas de saúde e uma deficiência na perna que contribuí para um problema na coluna por isso queria saber se tenho direito a uma bolsa família, precisava muito.

  15. Oi gostaria de saber como faço para me cadastrar no bolsa família tenho uma criança de 7 anos e estou grávida

  16. Como faço pra agendar no CRAS de Taguatinga norte meus dados já estão prontas só falta atualizar.

  17. Bom dia eu fiz o Cadastro Unico no dia 17 de janeiro no 2019 y ainda não chegou a aprovação,eu queria saber porque não chegou?…

  18. Minha aposentadoria foi cessado não estou recebendo mais não tenho renda quero fazer Bolsa família Baixa renda

  19. Minha filha não consegui fazer o bolsa família, porque disse que o endereço que ela mora já está cadastrado no bolsa família, ela é carente e tem uma bebê de 9meses, como resolver essa situação?

  20. Porque somoa obrigados a recadastrar no bolsa familia mesmo quem não recebe como eu, sou obrigada a dica validando documento e endereço sendo que não recebe e preciso é afinal tem muitos que recebe sem ter necessidade!?

  21. *Porque somos obrigados a recadastrar no bolsa familia mesmo quem não recebe como eu, sou obrigada a fica validando documento e endereço sendo que não recebe e preciso é afinal tem muitos que recebe sem ter necessidade!?(certo ortog…)

  22. Eu não tenho comprovante de residência (água e luz ) qual outro eu poderia estar levando para substituir?
    Moro em uma vila de casa na qual a água e a luz é no nome da proprietárià e não há contrato!

  23. Estou grávida, moro sozinha, de aluguel, sou de menor, gostaria de saber se eu tenho direito de ter o bolsa família?

  24. Boa tarde, minha mãe nunca trabalhou e não tem condições de trabalhar por que tem uma doença chamada esqurisofenia, e meu avô recebe o BPC, e eu não trabalho por conta da mesma doença da minha mãe citada à cima, quero saber se é la tem o direito de receber o Bolsa Família.? Att.

  25. Se um pessoa mora numa mesma casa, com , pais, irmãos, etc… Mas tem filhos , e não tem nenhuma ajuda financeira , ela pode requerer o bolsa família? Ou terá que informar a renda das pessoas que moram na mesma casa , mas não ajudam financeiramente com as crianças?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *